sábado, 21 de agosto de 2010

Ausência II


Eu já não estou aqui - me mudei para outro endereço. Estou fora da área de cobertura, e ausente de mim mesmo. E a verdade é que nas entrelinhas estão todas aquelas palavras que se perderam no limbo lamacento de mim, e eu não quero entrar lá para buscá-las. Está frio demais pra isso. Ficarei aqui, enrolado em um cobertor quente, à espera de que um vento norte me traga uma ou outra de volta.
E quem sabe com elas eu também consiga retornar a mim mesmo, antes que a escuridão apareça...