quinta-feira, 1 de abril de 2010

Deixei passar...

Houve algumas coisas que deixei passar aqui no blog. O dia da mulher, por exemplo, e, mais recentemente, o dia da água. É claro que eu teria pencas de coisas para escrever sobre os dois assuntos aqui...
Mas, afinal de contas, por que escrever?
Sou um cara que gosta de conversar, só que sou muito prolixo. Quando começo a devanear sobre algum assunto vou longe. O fato é que sempre desejo dizer mais do que normalmente falo em uma conversa normal. Aqui não. Embora expresse um pouco menos do que gostaria, não há ninguém para interromper meus devaneios. Um espaço ilimitado para escrever sobre o que eu quiser e o quanto eu quiser.
Há também o fato de que as pessoas em geral não gostam de ouvir. Perdeu-se em nossos tempos o gosto pela conversa, pela troca de idéias. As pessoas sempre tem seus conceitos e opiniões formadas sobre quase todos os assuntos, de sexo a política, passando por futebol, cinema, religião e (Deus me perdoe por citar) BBB.
Quando não escrevo, em geral, é porque tenho outros afazeres, ou porque o assunto me cansa, ou mesmo porque eu preciso "elaborar melhor". Só que às vezes elaborar melhor é um saco.
Tenho muitas ideias também quando estou na cama, prestes a dormir. Mas é claro que no outro dia eu não me lembro mesmo do que rolou enquanto eu não dormia. Esses dias atrás eu sonhava, e, enquanto sonhava, lembro-me de ter pensado: "essa ideia seria ótima para escrever um livro". Quando acordei, já nem lembrava de nada. Triste.


A propósito, hoje é dia 1º de Abril...