quarta-feira, 17 de junho de 2009

A Extinção do Homem


Aí vai um texto que escrevi inspirado em meus estudos. Achei que ficou interessante e resolvi reproduzí-lo aqui.

“Daqui há alguns milhões de anos o planeta que hoje conhecemos pelo nome de “Terra” ainda existirá. Não é possível dizer o mesmo dos seres humanos. Imagino a cena, daqui há muito tempo, de uma raça superior desencavando fósseis de seres humanos tentando entender o que aconteceu por aqui. Procurando juntar as peças, imaginando 1001 situações que teriam colaborado para a extinção do homem. Imensas cidades e civilizações simplesmente destruídas sem explicação, como pode uma coisa dessas? Então um dos serezinhos que povoarão a terra depois do nosso extermínio vai encontrar a resposta em um tipo de mídia arcaico e pré-histórico de linguagem indecifrável, e que levará muitos anos para poder ser decodificado, e todos se surpreenderão ao ver que o que exterminou o homem da face da Terra foi... Ele mesmo! Todo o lixo e consumismo provocado por seus caprichos determinou aos poucos a insustentabilidade da vida humana, e ponto final. Simples assim? Pois é, mas uma andorinha só não faz verão, então a destruição do planeta é um esforço conjunto de todos os seus habitantes. Uns fazendo o que não deviam, e outros sem fazer nada.

Será um triste fim para a carreira meteórica do homem, e que tinha tudo para fazer dar certo. Quando chegar ao Céu, se houver um Céu, ao menos o homem poderá chegar para Deus e dizer: Pois é, não deu. Quem sabe na próxima tenhamos melhor sorte...”