domingo, 27 de junho de 2010

Vida, Louca Vida... Vida Breve!

Não viverei o suficiente. Não! Não tenho medo da morte, e já disse isso por aqui. Mas tenho certeza de que não viverei o bastante. A vida é urgente, e sei que muitas veses não tenho tempo para ela. Sim, o erro foi de propósito, assim como muitos erros que cometo. Pura teimosia. Assim como insisto em não ouvir a vida, e sigo passando os dias. Mas não é somente por isso que sinto que minha vida será curta. Minha vida será curta porque há tantas coisas a ler e a saber. Há tanto a amar...
Gosto das estórias de vampiros (exceto Crepúsculo, afff! Até 'Anjos da Noite' é melhor!). Ter a eternidade para ser triste e feliz, ler, ouvir e sentir tudo o que se possa ter, pensar e sonhar em muitas vidas. É um sonho atraente. Dar a devida importância ao fugaz. Ou será que nada seria fugaz? Ou será que nada é?
Mas a vida é tão grande e viva que não há como ter certeza de nada, à exceção da morte. Morte fugaz. Morte imbecil e tola! Que vem sem ser convidada e não vem quando é chamada. Estúpida! Vá ceifar a quem te busca e deixe os outros em paz! Só porque estás a espreita é impossível viver como gostaríamos ou poderíamos...
Mas, sinto em informar, não há tempo! Portanto, sejamos loucos, e tornemos este mundo um lugar mais interessante. Ao menos para alguém...